quarta-feira, 2 de dezembro de 2015

Faltam 22 dias para o Natal



Olá a todos,

tenho andado desaparecida. Mudanças e excesso de trabalho dá nisto.

Este ano e um bocadinho para "não Variar" estamos praticamente em cima do Natal e eu ainda não tenho nada preparado para as prendas...

Como o tempo já é escasso, este ano os cabazes serão em menor número e quiçá com menor variedade de miminhos lá dentro...

Terei obviamente de recorrer a prendas adquiridas em lojas o que será menos simpático para a poupança mas quando não há tempo para tudo... temos de ser realistas!

Por enquanto ainda ando a pensar como irei decorar a casa nova para o Natal (nem árvore tenho) e gostava de uma gigante (ao estilo da de baixo, por exemplo), mas algo me diz que ela não caberia na sala... :(




Para além disso o Ninja ainda não está na casa nova e ter uma árvore de natal e não ter o gato para constantemente me roubar os enfeites dela, não tem a mesma piada...

De resto, os fins de semana começam a ser escassos para tanta coisa, principalmente quando ainda nem sequer tenho definido o que fazer de cabazes...

Sugestões?

O ano passado fiquei pelas bolachinhas, chá de natal (mistura feita por mim de várias erva e ficou delicioso), fruta desidratada, tomate seco, licor de chocolate, chocolates caseiros com frutos secos e azeite aromatizado.


E vocês o que vão preparar este ano para o Natal?


quinta-feira, 8 de outubro de 2015

Destralhar - mais díficil falar do que fazer



Olá a todos,

hoje venho falar-vos de um assunto muito na moda ultimamente: Destralhar.

Desde os autores famosos como Marie Kondo, ou as recomendações do feng shui, ou até a tendência da população mundial em nos apegarmos a objetos ao invés de pessoas, o que é certo é que sejam quais as razões ou motivos ou inspirações, destralhar é mais fácil falar do que fazer...

No meu caso a coisa complica matematicamente... imaginem o que é enfiar toda a "tralha" de quem vivia num T3 espaçoso, num T1 moderado... pois não dá!

Por mais organização e arrumação a coisa está mais ou menos assim:



Dá mesmo vontade de ter um aspirador daqueles!

Não sei qual a vossa ideia mas se a tendência é que somos felizes com menos, será esse mesmo plano a executar (ajuda arranjarmos inspiração para conseguir arrumar a nova casinha).

Cá por casa chegámos ao ponto de a sala se ter tornado um repositório de caixas e mais caixas com coisas para desempacotar pelo que se tornou imperativo começar a ser mais selectiva.

Assim, desde roupa para dar (alguma já com donos, outra estou aberta a sugestões), outra que irá para os contentores novinhos distribuídos por Arroios em Lisboa, mas mesmo assim, levanto sempre algumas questões:

- O que fazer a alguns livros? Alguém sabe de bibliotecas que os recebam?

- O que fazer a aparelhos eletrónicos e antigos telemóveis (ainda funcionam)?

- O que fazer a loiças e afins que não uso e nunca vou usar?

Se alguém souber de destino mais agradável do que o lixo que me diga.

E bons destralhamentos :)




quarta-feira, 30 de setembro de 2015

A 3 meses do fim do ano... E ainda tanto por fazer!


Pois é, estamos praticamente em Outubro e ainda tanto por fazer... Sei que muitos de vós aproveita o verão para organizar a casa mas por aqui não houve essa sorte.

Hoje estranhamente e para ajudar ao stress e excesso de trabalho no emprego, apercebo-me que faltam 3 meses para o fim do ano e por aqui há tanto por fazer.

A começar pelas mudanças que ainda não estão terminadas, o que me faz lembrar que vem aí o frio não tarda e a roupa de inverno ainda encaixotada.

Logo penso de seguida no natal e de que ainda não pensei em nada para os presentes "homemade" que já começam a estar institucionalizados cá em casa.

Pânico já instalado! Natal?! Cabazes de Natal!!? Todos os anos me tento convencer que nesta altura do campeonato já devia ter tudo mais que pensado e já em produção... Esqueçam! Quiçá para o ano... Lol

E por aí? Já se pensa em cabazes? Aceitam-se sugestões.

quarta-feira, 16 de setembro de 2015

Regresso de Férias e o novo "bicho" cá de casa



Olá a todos,

a Macaquinhos no Closet está de regresso há já algum tempo das férias mas ainda não tinha havido oportunidade para escrever, não obstante existirem inúmeras coisas para contar que ficarão para posteriores publicações.

Por hoje vou apenas mostrar o mais recente item da cozinha lá de casa:


Pois é... quando todos andam preocupados com a alimentação eis que eu para contrariar as hostes compro uma fritadeira (LOL, sempre fui um bocadinho do contra).

A verdade é que cresci com um pai diabético e lá em casa não se faziam dois pratos... o que ele podia comer era o que se comia em casa, e então desde sempre me habituei a comer muitos vegetais, essencialmente grelhados, etc...

Depois já na minha casa passavam-se meses, ou até mesmo um ano sem que fizesse fritos.

No entanto, não consigo resistir aos rissóis de camarão da tia Bela (os melhores do mundo... mesmo para os mais cépticos que me diziam "Ah! Não são melhores que os da minha mãe de certeza" e depois rendem-se às evidências...).

Assim que vi o planfeto do Lidl (não, ninguém me pediu a publicidade), achei que valia arriscar... também serve para fondue mas é algo que nunca fiz em casa... quiçá um dia experimente!

Mas voltanto ao que interessa, nos dias de hoje vejo tantas preocupações com a alimentação... a onda da proteína, proteína e mais proteína... não sou nutricionista nem nada que se pareça, no entanto tudo o que é extremo parece-me excessivo.

Nada garante que não mude de ideias mas para mim a alimentação deve ser variada... um bocadinho de tudo não faz mal a ninguém... mesmo que implique uns fritos de vez em quando :)

Preocupam-me muito mais os açucares, cada vez mais presentes em todos os alimentos que compramos e esse sim torna-se um hábito para o nosso organismo.

E Vocês, o que recomendam?

sexta-feira, 21 de agosto de 2015

Preparativos para as férias - as aromáticas


Olá a todos,

hoje o "Macaquinhos no Closet" vai de férias. E bem merecidas que elas são.

Foram 2 anos muito intensos. Sim, porque no ano passado, à conta da loja do F. que ajudei a montar/arrumar, praia e descanso nem vê-lo.

Assim, estas duas próximas semanas vão saber que nem ginjas!

No entanto, como em todas as casas, ir de férias exige preparação... E no meu caso nem filhos tenho... nem quero imaginar como será com a criançada.

Assim, as preocupações gerais são:


  • ir gastando a comida do frigorífico para não se estragar (desta vez não consegui e algum legumes ainda lá estão, pelo que terei de os despachar para alguém, pois não gosto de desperdiçar);
  • "despachar" o Ninja para casa dos avós/os meus pais (este ano já lá estava), pelo que não foi preciso preocupar-me com ele;
  • "tratar" da Tripy, porque fica em casa no aquário, visto que as tartarugas aguentam-se bem uns dias sem ninguém em casa;
  • pelo que este ano a preocupação maior foram as minhas aromáticas (e outras plantas) na varanda:
    • a Segurelha dada pela vóvó;
    • os oregãos;
    • a hortelã;
    • o manjerico (embora não seja comestível);
    • o alecrim;
    • o cebolinho;
    • as malaguetas (várias espécies);
    • as suculentas (embora também não seja aromática nem comestível);
    • a orquídea.


Com excepção das suculentas e da orquídea, a minha preocupação era como manter vivas por 15 dias plantas, atendendo a que não encontrei uma alma caridosa que me as fosse lá regar...

Conclusão, andei a pesquisar na net e a conclusão foi ter investido nestas coisas que nem sei lhe dar nome mas que servem para encaixar na terra com umas garrafas:





Apesar das coisas ontem não terem corrido muito bem (descobri que as garrafas de água não encaixavam bem) e às tantas faltaram-me garrafas, no entanto consegui que o manjerico e a segurelha ficassem com uma garrafinha de 2 litros para as ir alimentando.

Ficavam no entanto a faltar como dar água às restantes plantas, com excepção das suculentas e da orquídea (essas ficam em auto sustento).

Acabei por colocar os restantes vasos em bacias/recipientes maiores que o próprio vaso e deixar com imensa água para elas irem puxando... Espero não afogar as coitadinhas e nem que elas me morram de água em excesso.

Desta vez foi assim que me safei, caso tenham outras sugestões, aceito de bom grado (para aplicar numa próxima vez, quiçá...) 

Depois conto como correu no meu regresso...

Até lá, fiquem bem! :)

sexta-feira, 14 de agosto de 2015

A nossa vida Vs. O nosso planeta


Hoje falo-vos acerca de uma notícia que li hoje e que me deu que pensar... Fala do nosso planeta e de nós humanos. Em 2015 gastámos em 8 meses o que planeta consegue suportar em 1 ano. Significa portanto que estamos a consumi-lo a uma velocidade superior ao que ele se consegue regenerar...



Muitas vezes publico posts acerca do como gerir o nosso dia a dia, como pouparmos, etc...

Hoje queria alertar-vos para o facto de ser importante todos nós contribuirmos para um planeta melhor... Não só para deixarmos um bom legado às gerações futuras mas também porque sem planeta não haverá gerações futuras...

Tudo isto me fez pensar: O que tenho eu feito para ajudar o meu planeta?

Fecho a torneira a tomar banho e lavar os dentes?
Faço reciclagem?
Uso produtos amigos do ambiente?
Contribuo para aumentar o desperdício?

Posso dizer-vos que estas preocupações não são de hoje, sou uma pessoa poupada (e refilo lá em casa com quem não é), faço reciclagem, etc etc...

No entanto preocupa-me que só isso comece a não ser suficiente.

Portanto pergunto-vos... o que acham que podemos fazer mais para ajudar o nosso planeta a recuperar do mal que lhe temos feito?

quinta-feira, 13 de agosto de 2015

O nome de um Blog


Olá a todos,

peço desde já desculpa a quem tem acompanhado os desenvolvimentos por aqui, pois o nome já mudou de nome várias vezes, no entanto a coisa tem sido complicada.

"Casa com Alma" é também uma loja de decoração/artigos para a casa e não queria que de futuro surgissem confusões, pelo que decidi mudar...

Espero que agora este esteja para ficar...

Nunca pensei que fosse tão complicado, mas de facto sempre que me lembrava de algo alguém já tinha algures na net algo igual ou muito parecido.


Obrigada a quem mesmo assim não desistiu e continua a vir aqui fazer umas visitas (e muito bem vindas por sinal) :)

Beijinhos

segunda-feira, 10 de agosto de 2015

Objetivos 2015 - Ponto de Situação



Apesar de já irmos a mais de metade de 2015, só agora consegui um tempinho para fazer uma introspeção e analisar como vão os objetivos a que me propus no início do ano...

Antes de ir de férias (já só faltam 2 semanas de trabalho) é a altura ideal para delinear o que resta ainda do presente ano...

Para quem acompanhou este episódio, este e este, tem mais ou menos noção qual o meu principal objetivo deste ano: A casa nova! :)

Assim, posso adiantar que não só as obras da casa estão prontas (só faltam uns quantos retoques mínimos), como já lá estou desde o dia de Santo António (13 de Junho).

Portanto o objetivo terminar as obras: Almost!

Mudar para a casa nova: Done! :)

Fazer as mudanças de tudo para a casa nova: Nada Feito!

Sou uma vergonha, confesso! Mudei o essencial e o resto (incluindo a roupa de inverno) ainda está tudo por mudar... Tenho demorado mais tempo do que o previsto mas também aproveitei para dar avanço a outro objetivo: DESTRALHAR.

É certo e sabido que passar de um T3 para um T1 é uma ginástica tremenda mas também muito útil porque nos obriga e ensina a viver com menos.

Já doei imensa roupa (algumas peças ainda tinham a etiqueta, que vergonha)... Espero que alguém lhes dê um melhor uso do que eu.

Se há algo que a crise nos ensina é que por vezes temos coisas a mais e não é isso que nos traz riqueza ou felicidade... Viver com menos pode ser mais! Muito mais!

Assim, a roupa já teve uma valente seleção (embora ainda vá levar com um segundo crivo). De resto muitas coisas estou a dar e até a tentar vender... Custa-me simplesmente por certas coisas no lixo só porque sim...

Depois, a par com isto tudo veio o novo desafio profisisonal... que apesar de muito trabalho está a correr da melhor forma e em breve terá uns simpáticos desenvolvimentos monetários... Yuppii.

Quanto ao grande objetivo POUPAR, não houve grandes desenvolvimentos... tudo foi e continua a ser canalizado para a casa nova... A diferença substancial prende-se sim, com o facto de que, agora vou almoçar a casa e não só poupo como me alimento melhor...

Verdade seja dita que muitas vezes ao jantar comprava comida e agora é tudo muito mais homemade... Aí a casa nova já começa a compensar no investimento.

Assim, agora com este ponto de situação, apercebo-me que os objetivos começam lentamente a mudar na minha cabeça...

Agora já penso em mobilar e decorar (ao invés de terminar obras), a destralhar ainda mais, a delinear o jardim de aromáticas/hortinha (e de que falarei em breve) que quero ter na varanda, começar a poupar todos os meses, continuar a melhorar a minha alimentação e principalmente voltar a trazer o meu Ninja para junto de mim novamente (que para quem não sabe é o meu gato e infelizmente já está faz demasiado tempo em casa dos meus pais).

Agora tem uma casinha nova para explorar e eu uma redobrada atenção da minha parte, não vá ele se mandar pela varanda...

E vocês? Como têm gerido este ano? O que têm feito para conseguir cumprir com os vossos objetivos?

quarta-feira, 29 de julho de 2015

Tripy - Uma das habitantes de quatro patas cá de casa


Hoje vou falar-vos da Tripy... A morar comigo, não foi o meu primeiro animal de estimação. Foi o segundo...

A Tripy é uma tartaruga e foi comprada no Porto, numa ida ao São João. Na altura ainda nem um mês tinha...

Aqui ficam umas fotos dela ainda pequenina e na casa antiga:






Só para vos situar um bocadinho, a Tripy é tudo aquilo que nunca esperei numa tartaruga... já tinha tido tartarugas em criança e tive mesmo um cágado (o Snoopy) mas este era muito passivo. Queria comer e dormir.

A Tripy é o oposto. Enérgica, gosta de se resfastelar ao sol de patas esticadas... Põe-se junto à saída da água do filtro em poses que fazem lembrar alguém num SPA e estica a cabeça para darmos festas... Nunca pensei que uma tartaruga esticasse a cabeça para darmos festas... 

Não é agressiva, delira com os meus sobrinhos e nunca mordeu ou sequer tentou... pelo contrário, vem comer à nossa mão (ponta dos dedos) e nunca foi sequer bruta.

A Tripy entretanto cresceu (imenso) e passou de pequenina (em cima) a isto:



e depos isto (ainda na casa antiga):


Morava no sétimo andar, junto a uma janela e nunca teve medo sequer dos pombos... adorava espreitar da janela...

Um dia conseguiu sair do aquário (não sei como), e eu pensei o pior. Mas não só não se lesionou na carapaça, como ainda percorreu a casa toda e foi-se esconder do lado oposto da mesma.

Como reclamação, manifesta-se quando a escovamos num belo banho...

Agora na casa nova, sol tem pouco quando está no aquário, mas em contrapartida tem uma varanda onde se diverte. Ela e os sobrinhos com ela. Consegue sair da varanda e quando dou por ela percorreu a casa toda e está ao pé de mim a ver-me a fazer o jantar... 

Da primeira ou segunda vez que a deixámos passear na varanda (pensando que de lá não saia) quando demos por ela estava em cima da cama... sim leram bem... Em cima da cama!!! Mais precisamente da almofadinha do "Papá" a fazer uma valente soneca... Claro que nos fartámos de rir... 

Agora pergunto-me: Vocês por aí também têm tartarugas assim tão aventureiras? :)

(Já na casa nova)

 (Na varanda)

 (Com a C. e o S.)






segunda-feira, 13 de julho de 2015

Máquina de gelados - o novo brinquedo


Pois é... As mudanças ainda não terminaram, ainda há imensa coisa por arrumar e já eu arranjei mais com que me entreter.

Consegui resistir à promoção do aldi mas depois já não consegui resistir à do lidl... Frize-se que esta é uma altura em que não devia gastar dinheiro a não ser no estritamente essencial... Quiçá depois poupe em gelados :-)  eis aqui então a minha nova ajudante na cozinha (ainda nem saiu da caixa):


 A acompanhar a festa este é o mais recente livro cá em casa. As receitas estão fantásticas e o aviso da capa de não lamber as folhas não é em vão... Ai a linha...


E vocês fazem gelados em casa? Sugestões aceitam-se e dicas também.

segunda-feira, 1 de junho de 2015

A Cozinha - organização


Para quem não sabe ando em mudanças. A casa nova ainda não está totalmente pronta mas a vontade de a ver pronta é muita.

Depois de muitos percalços, a cozinha já só precisa de umas torneiras de segurança para o gás, de maneira que já ando em organizações e limpezas por aqueles lados.

Comecei por aspirar tudo para tirar aquele pó das obras, depois lavei o interior dos armários com água e vinagre e por fora apenas água e detergente da loiça. Tive receio que o vinagre fosse muito abrasivo.

Depois andei entretida a forrar os armários com aquela película antiderrapante para loiça. Não só evita alguns acidentes como também protege da sujidade. A minha comprei no IKEA mas a conta em rolos já vai UPA UPA.

Enquanto isto a minha máquina da loiça nova (ai que saudades de ter uma máquina da loiça) tem andado a bombar que nem uma louca. Nada entra naqueles armários que não brilhe de tão limpo.

Depois entrei na fase da organização e verdade seja dita já pus e tirei dos sítios várias coisas, várias vezes.  Tudo ainda está muito longe de concluído, mas verdade, nunca uma cozinha me deu tanto gozo em arrumar.

Falta terminar por aqui e depois mostro o resultado nos interiores. Por agora apenas posso mostrar o estado antes das limpezas começarem:






E vocês como organizam a vossa cozinha?

segunda-feira, 18 de maio de 2015

Mudanças... quase quase... Finalmente!


Acho que agora é de vez... Acho que finalmente posso dizer que a casa está quase quase pronta... Para uma obra que supostamente demoraria 1 mês, passaram 3 anos...

Continuo sem a cozinha totalmente pronta e água quente nem vê-la mas por mim mudava-me já hoje...



Como sou teimosa já ando a fazer limpezas (que os homens das obras rapidamente criam o caos) mas não quero saber...

Já ando a pensar começar a mudar a roupa pró novo closet, etc etc...

Na loucura ainda agarro num colchão de campismo e mudo-me mesmo sem ter tudo pronto... (Sou louca, eu sei!)

Já me estou a imaginar rodeada de caixotes de papel... Mais ou menos assim:


A parte da pizza com uma vinhaça não me parece nada mal...

A quem já tenha passado por mudanças, aceitam-se sugestões!

domingo, 10 de maio de 2015

Bolo de Alfarroba - o primeiro bolo na MFP


Hoje neste dia de imenso calor a vontade era de correr para a praia, infelizmente tal não foi possível.

No entanto ao chegar a casa ao fim do dia, apeteceu-me um consolo por ter passado um dia tão solarengo dentro de 4 paredes.

Foi assim que juntei o apetecer-me fazer um bolo e o querer experimentar a MFP para esse efeito.

E assim foi, o escolhido foi um bolo de alfarroba pois também andava curiosa em experimentar.

Na minha opinião ficou um bocadinho doce demais mas muito fofo e saboroso.

Amanhã lá no trabalho irei recolher mais opiniões...




A receita tirei-a daqui:

Ingredientes:
  • 6 ovos
  • 250 g de açúcar (pus apenas 200gr e mesmo assim achei muito doce)
  • 1 colher de sobremesa de aroma de baunilha
  • 250 g de manteiga (pus 200gr de óleo de coco virgem)
  • 190 g de farinha de trigo (pus branca de neve com fermento)
  • 80 g de farinha de alfarroba
  • 1 colher de fermento em pó
Coloquei tudo na cuba da MFP e programa bolo :)

Espero que gostem!

segunda-feira, 4 de maio de 2015

Um pão de coco para um fim de semana fantástico...


Este fim de semana com um feriado agarradinho foi sinónimo de uma ida ao Alentejo em muito boa companhia... Deu para passear, relaxar, e até o tempo ajudou... Praiiiiiaaaaaa :-)

Deu também para degustar muito bons manjares e descobrir uma queijaria fantástica do concelho de Serpa. O Frederico aqui de casa está muito bem abastecido.

Antes da viagem houve, claro, os preparativos e resolvi levar um pão de coco. Eu achei que podia saber mais ainda a coco e irei adaptar ainda mais a receita da próxima vez.

A A. gostou e isso é que interessa. Do pão sobraram migalhas...



As fotografias é que já foram tiradas sem luz e não ficaram grande coisa... 

A receita tirei-a daqui:

Pão de coco

(Ciclo Doce)

Tamanho: 600gr

1/2 copo de água, complete o copo com leite de coco (usei só leite de coco)

2 colheres (sopa) de margarina (usei óleo de coco)

1 colher (chá) de sal

4 colheres (sopa) de coco ralado (pus 5 colheres)

8 colheres (sopa) de açúcar (usei açúcar amarelo e só pus 6 colheres)

3 copos de farinha de trigo

2 colheres (chá) de fermento biológico seco instantâneo

Adicione todos os ingredientes na forma da máquina iniciando pelos líquidos, depois os secos e por último o fermento. Programe o ciclo Doce.

sábado, 11 de abril de 2015

2015 - o caos (ou quase)


2015 tem sido um ano atribulado....

Obras da casa nova prontas? Ainda não... A Primavera e calor já andam aí a espreitar e eu com a roupa de verão já toda encaixotada. Pânico.

Casa antiga? O caos. É caixotes por todo o lado. Os já cheios enchem quase uma divisão fora os ainda por encher...

No meio de tanta confusão, o objetivo de poupar antes de gastar te ficado apenas pela teoria... Não tenho tempo para organizar o estamine quanto mais inventariar o que está no congelador e despensa...

Entretanto tenho uma máquina do pão nova e por agora é o meu mais recente passatempo na cozinha... Quando há tempo...

Quanto ao poupar em 2015 não tenho cumprido na parte das marmitas mas tenho feito um esforço de frequentar mais a cantina a fim de tentar poupar alguma coisa.

No final de contas, o cansaço é muito, já sonho acordada com a casa nova pronta e o novo desafio profissional acho que está a correr bem... E quiçá daqui a uns tempos já consiga publicar aventuras na minha nova cozinha.

Bom fim de semana...

sábado, 14 de março de 2015

Máquina de fazer pão, sim ou não?


É oficial, perdi a cabeça e finalmente comprei uma MFP.

Comprei esta, não sei se boa ou má.


Nos próximos dias veremos se me Oriento com a dita cuja...

É certo que numa altura de contenção total, em que vai tudo para as obras da casa, este é um investimento supérfluo mas apetecia-me MESMO ter uma mfp! :-)

Aceitam-se sugestões das melhores farinhas, misturas e receitas...

sábado, 7 de fevereiro de 2015

Desafio: Gastar antes de comprar!


Muitos de vós estarão a perguntar como é possível gastar antes de comprar... Eu explico.

Nunca vos aconteceu comprarem alguma coisa que afinal ainda tinham lá no fundo da gaveta do congelador ou da despensa??? Pois a mim já e não foram tão poucas vezes quanto isso...

Assim, ontem, em mais uma das minhas divagações sobre poupança, resolvi que este mês não vou fazer compras grandes ao supermercado. Não o farei enquanto tiver coisas mais antigas na despensa, congelador e frigorífico...
As compras ficarão limitadas a alguns itens essenciais e/ou necessários para as receitas que irão servir para escoar o stock existente...

Já alguém experimentou este tipo de desafio? Que me dizem? Vamos a isso?

Brevemente darei notícias de como está tudo a correr!
Bom fim de semana.

quarta-feira, 4 de fevereiro de 2015

Orçamento familiar e objetivos 2015


Hoje venho falar-vos de orçamento familiar e poupança. Não é um assunto que me preocupe recentemente. Já desde sempre tive muito em conta onde gastava o meu dinheiro e quanto poupava.

Mas desde que começaram as obras na casa nova a poupança virou zero, depois com a crise vieram os cortes e o rendimento desceu... O que leva a que este assunto se torne de excepcional importância.

Em 2015, para além de acabar as obras e me mudar para a casa nova, existe também o objetivo de querer fazer uma gestão mais eficiente do meu dia a dia e conseguir poupar mais.

Não é fácil, garanto -vos, porque esta minha mania dos números já me faz ter tabelas de excel e listas para quase tudo. No entanto queria mais... Quero mais.

Quero saber para onde fogem as moedas da carteira. E com isto já experimentei quase todas as aplicações e mais algumas para telemóvel que ajudam a controlar os gastos... Nenhuma me satisfez.

Entretanto descobri uma aplicação, portuguesa, que permite gerir o orçamento familiar a partir de um computador e do telemóvel, sincronizando dados do banco etc... Chama-se Boonzi.

Hoje foi o primeiro dia dos meus 30 dias para experimentar... Vamos ver! Em breve darei mais notícias, pois espero conseguir melhorar o conhecimento que tenho dos meus gastos.

Se alguém conhece a aplicação e usa ou já usou, agradeço todos os feedbacks.